escovada de dentes - rizomaticos



o tempo pinga na cabeça de quem pensa e parece escasso num espaço deserto quando avistado do por seus extremos..
o contrário parece certo, porém complica quando se movimenta em altas freqüências..
será que vai dar tempo? e se pra nós der, como será para os que vierem?
o tempo será vendido a vácuo, enlatado, com cores e sabores diferentes.. será o tempo do tempo?

escova os dentes, limpa a gengiva! acerta o penteado, corre pro atraso!
eu sou suscetível as razões.. há razões que se enquadram em lugar algum, apenas em mim
quero ser, a construção erguer, pois fazer e sentir são coisas análogas ao viver
e pensar não convém agora, já que tudo flui e pode acabar, agora tenho que gritar..

a doença faz sentido, quando se vive, num mundo doente
tem gente passando na rua, mas não é gente, é máquina, tem um ar de vazio, um gosto de nada

____________________________________________________
maio de 2007, sarau artenativo, teatro municipal de pouso alegre
filmagem: ju e reginaldo, edição de vídeo: bruno nobru