aos filhos de netuno

penso num caminho, escolho outro

quando viajo me sinto pássaro
tem momentos quero largar tudo

a flexibilidade e criatividade caminham
tanto quanto a dúvida..
um tanto longe do chão

convivendo com diferentes personalidades
conversando com o invisível dentro e fora
desenhando sensações abstratas

na busca da potência de cada um
sonhando e devaneando sem fronteiras
em mares e aquários